Rede Pwn3ed:
Pwn3ed
League of Legends
Master Smite
Smite

domingo, 18 de maio de 2014

Necro fala sobre o e-sport BR

Bom dia pessoal!

Com mais mudanças na lineup de um time do CBLoL, hoje eu vou abordar um tópico de negócios e e-Sport. Um tópico que eu imagino, faz falta no mercado de e-Sport tupiniquim: Projetos.


Todos que são versados em disciplinas administrativas sabem que um dos pilares de projeto é... Prazo.


Vamos expandir um pouco o que significa isso. Ter um prazo não só significa uma data para entregar umas coisas, mas uma estimativa de quanto tempo você precisa para realizar as coisas que você quer. Vale lembrar que prazos também são esticados - é só pensar em Obras. Sempre dá uma esticadinha.
Ter prazos significa ter um certo planejamento, de modo que as coisas dêem certo ou, se derem algum problema você já está preparado para resolvê-lo.


Ao analisar o e-Sport brasileiro, no entanto... os conceitos de prazo e planejamento parecem não existir. O que existe é uma cultura de imediatismo e descaso com o dinheiro.
Resumindo num pensamento: "Não tá dando certo? Tudo bem, eu pago pela solução de última hora disponível".
Vemos isso nas equipes. Recentemente uma equipe mandou dois jogadores embora (e discutivelmente quebrou o limite de substituições da temporada) porque estava perdendo muitos jogos nessa temporada, como se trazer dois jogadores novos (e estrangeiros) fosse resolver todos os problemas. E de fato, por quenão fizeram isso no começo da temporada? Claro, porque não tinham o projeto ou o planejamento pra fazer isso.

A cultura do imediatismo não se resume a uma equipe. Nosso CBLoL de 2014 está repleto de atrasos e problemas técnicos, assim como falta de estrutura no evento presencial que aconteceu.
Dentre os problemas, podemos citar: falta de garantia da estabilidade da conexão dos jogadores nas etapas online (porque as etapas são, huh, online), ausência de atrações alternativas e praça de alimentação condizente com o porte do evento em Porto Alegre, assim como atrasos na programação do evento presencial - que gerou a necessidade da Riot Games devolver o valor total dos ingressos do primeiro dia aos pagantes.


Existem soluções de mercado para evitar isso. As equipes podem começar a cultivar categorias de base, para ter uma longevidade maior que uma temporada. Os eventos podem (e devem) ser planejados com mais do que dois meses de antecedência (gente, festas universitárias para 3mil pessoas são planejadas de 4 a 6 meses antes de acontecerem. Imagina eventos para 55mil pessoas).
Só que para essas coisas acontecerem, é necessário um pensamento completamente oposto do ubíquo imediatismo enraizado na cabeça das administrações de e-Sport tupiniquins: o pensamento de dar um passo para trás para poder dar dois pra frente. Até mesmo para dar um salto você precisa ir um pouco pra trás pra pegar impulso.


Mas, claro. Podemos notar a evolução. Não pensem que tudo está uma droga - o cenário está melhorando, passo a passo. Cada vez temos eventos melhores e maiores, mas logo logo estaremos dando de cara com uma parede se não começarmos a planejar melhor.


Um bom final de semana e beijos do careca!



Se você quiser pode acessar esse post no site novo da Pwn3ed, clique aqui e acesse!
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pwn3ed! Todos os direitos reservados | Design por Gradash adaptado apartir de Gradash