Rede Pwn3ed:
Pwn3ed
League of Legends
Master Smite
Smite

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Rework do Xerath – Por que mudar e por que Agora?


Seguindo a trilha de discussões e feedbacks da comunidade sobre os Reworks que finalmente vieram ao servidor live, temos agora rioters e invocadores discutindo o trabalho feito no Xerath:

Quando perguntado do motivo pelo qual o Xerath “cortou a fila”, sendo que tem tantos outros campeões que precisam mais de um rework do que ele, ZenonTheStoic comentou:

"Abriremos um espaço, em breve, para discutir o motivo pela qual escolhemos o Xerath para este rework, dentre outras coisas. Uma das principais coisas que sempre nos perguntamos é "nós sabemos claramente qual o motivo do porquê esse campeão é problemático e temos alguma direção melhor para levá-lo?" Isso foi bem simples, no caso do Xerath: podíamos explicar bem facilmente os motivos pelos quais seu antigo kit era problemático e sabíamos exatamente quais pontos fortes queríamos dar ao novo kit.

Há mais do que isso que influencia em dar prioridade ao rework de um campeão, mas o RiotScruffy poderia falar melhor sobre isso, mas do meu ponto de vista, esse foi um grande fator."

Invocador: "O conceito de único/situacional pode ser usado para definir um campeão que é visto como realmente forte para alguns jogadores e muito fraco para outros, e não há problema nisso, melhor ainda, é algo ideal, para quando você tem um leque de mais de 100 outras opções.
Então, por favor... vocês poderiam me explicar POR QUE não permitiram que o Xerath continuasse nessa categoria? Por que ele não pôde ser mantido nessa condição de ser agradável para alguns e nem tento para OUTROS?!”

Morello apareceu para responder essa:

"Porque esse conceito se baseia em um gameplay que só é fechado quando resolvemos todos os “enigmas do campeão” e isso pode resultar em falta de uma boa jogabilidade ou forças/fraquezas.

O kit antigo do Xerath era poderoso, mas míope. E isso o fazia pouco confiável, então ele não era tão atraente quanto outros personagens.


Há 2 pontos realmente interessantes que me chamaram a atenção no que as pessoas têm dito sobre isso:

1- “Eu gostava do antigo Xerath/não entendo por que ele era problemático.”

2- “Eu não gostei/entendi o novo Xerath, independente de como era o antigo.”

Separando isso de "eles mudaram, então era uma merda " eu gostaria de ouvir outras coisas. Quão ruim é essa “dor inicial” se você levar em consideração o benefício à longo prazo? O que custa tornar o Xerath um personagem que nós possamos fazer com que seja presente e seja forte? Qual o valor em mudar algo e trazer um novo conjunto de fraquezas/forças ao seu pacote?

Eu costumo pensar que essas trocas são realmente positivas – e sejamos honestos, tudo no design de games é uma troca – porque a partir de médio e longo prazo, os benefícios parecem mais claros em termos de ‘único’, satisfação e uma posição ‘saudável’ no jogo."

Invocador: “Mas todo campeão não tem esses enigmas também? O Xerath parecia ter forças e fraquezas bem definidas, e era um campeão “único”, como há vários no jogo; e seria de se esperar que um campeão fosse menos escolhido quanto mais único ele fosse, por ser mais difícil desvendar seus ‘enigmas’.
Acho que o mais pertinente seria perguntar: qual o problema em deixa-lo como era? Nós vimos todos os problemas que eram relatados durante seu rework, os testes no PBE, etc. Não fez sentido, parece que todo um trabalho desnecessário foi criado só pela idéia de dar um rework a ele.
Até onde sei, ninguém reclamava de como ele estava, e me parece que a possibilidade dele matar alguém de dentro da névoa de guerra também era algo que a Riot queria evitar, (sendo uma das principais razões pelas quais estou confuso, já que antigamente ele era revelado no mapa, quando ativava sua ult, e agora parece ter ficado muito pior, por “dar tiros de sniper” em pessoas que achavam estarem seguras do outro lado do mapa); não estou dizendo que ele não precisaria de rework, mas que talvez pudesse ter sido feito algo menor, como foi com o Skarner, o Heimerdinger, etc, que são picks que não são populares, mas que mantiveram grande parte do seu kit, com mudanças pequenas e melhorias em suas habilidades.”

O único problema real era: se o Xerath ficasse hype, ele seria nerfado. Acho que essa é uma posição realmente bem incômoda para um campeão estar, se estiver próximo de ser “tóxico” – seja ele único, situacional, popular ou outra coisa.

Sério, o que queremos fazer é aproveitar oportunidades para consertar coisas problemáticas e fornecer algo sustentável (e divertido/excitante/habil) que funcione durante anos no jogo. Isso significa que o custo para atingir isso pode ser à curto prazo, mas os benefícios serão de longo alcance.

O Xelnath falou várias vezes sobre os problemas com o Xerath e por que não dava para deixar daquele jeito, mas concordo que talvez não fosse necessária tamanha urgência nele. Mas nós achamos que mesmo sem uma grande urgência, que poderíamos usar um pouco de nosso tempo para consertar algo que simplesmente não estava funcionando legal no jogo (ou que se estava, provavelmente pararia de funcionar em breve).

Se você quiser pode acessar esse post no site novo da Pwn3ed, clique aqui e acesse!
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pwn3ed! Todos os direitos reservados | Design por Gradash adaptado apartir de Gradash