Rede Pwn3ed:
Pwn3ed
League of Legends
Master Smite
Smite

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Gerente Regional da Riot vai ao fórum para falar sobre problemas no Servidor Brasileiro

"Oi, pessoal, aqui é o Roberto. Estou na liderança da Riot no Brasil desde dezembro de 2013, e desde então estou conhecendo a empresa, seus processos e como funciona o League of Legends de uma forma mais técnica aqui no Brasil e em outras regiões, para assim poder ajudar da melhor forma possível na solução dos problemas que vêm acontecendo. Por este motivo queria conversar com vocês representando o time brasileiro e explicar como estamos vendo a situação atual. 
Os servidores brasileiros já passaram por várias fases, sejam elas melhores ou piores. No início tivemos problemas de implementação, projeto e crescimento acima do esperado, e finalmente a performance estabilizou lá por março de 2013. Depois disso, tivemos mais problemas no começo de novembro, mas por um tempo limitado. Desde o começo de 2014, com a abertura das temporada de 2014, o problema começou a crescer bastante, acima do que prevíamos. Então vamos explicar por partes: 

“Afinal, o que está acontecendo e por que piorou?”.Bom, a verdade é que proteger o jogo de ataques é uma corrida que nunca acaba, e às vezes a percepção de desempenho dos servidores pode deixar a desejar por várias razões. Vamos simplificar e dizer que das causas fora do nosso controle, uma das principais atualmente são ataques numa escala e complexidade bem maiores do que no passado. Em relação a isso, o Brasil é conhecido como um dos países com mais ataques a empresas online, e com a Riot não é diferente – lidamos constantemente com esse problema. Esses fatores não justificam a situação atual, e sabemos disso, mas queremos dar um pouco mais de explicação para vocês entenderem. Sabemos que a bola está do nosso lado e temos que nos defender melhor.

“OK, entendi, mas parece que vocês não ligam mais. Por que vocês não falam nada sobre o assunto, nem aparecem no fórum?”. Dois problemas aqui. Em primeiro lugar, para evitar dar detalhes para pessoas mal intencionadas nós evitamos falar sobre ataques, porém chegamos à conclusão de que exageramos no silêncio e que temos que explicar melhor para vocês o que está acontecendo mesmo que isso signifique correr alguns riscos (por isso esta mensagem). Em segundo lugar, quando deixamos de participar no fórum sobre outros assuntos, a verdade é que erramos e isso não se justifica. Mesmo que todos estejam lotados de trabalho por aqui, estamos nos organizando para melhorarmos neste quesito. Nós queremos que vocês entendam que a gente não consegue nem dormir direito quando acontecem problemas que afetam o jogo, não só porque somos jogadores como vocês, mas porque genuinamente nos preocupamos com a qualidade da experiência de jogo – inclusive é o ponto principal do nosso Manifesto, ‘Experiência do Jogador em Primeiro Lugar’. Pode acontecer de errarmos na comunicação, mas por favor acreditem, nós ligamos, sim, e muito!!!

“Então por que a Riot Brasil não se mexe? Estamos sendo incompetentes aqui em comparação com outros países?” Bom, a verdade é que os servidores do Brasil são em grande parte gerenciados por uma equipe global, então os critérios de modos de operação são os mesmos para todas as regiões. De novo, isso não justifica o cenário atual, e para o jogador não deveria nem fazer diferença, mas vale explicar só para dar um pouco mais de contexto. Não significa que no Brasil nós ficamos de mãos abanando: muito pelo contrário, estamos trabalhando o tempo todo em conjunto com essas equipes da Riot pelo mundo, sempre procurando uma forma de fazer as coisas acontecerem mais rápido. 

“Então isso quer dizer que a Riot não está investindo o suficiente?”. Estamos investindo muito, e a instalação de centenas de servidores no Brasil e as várias expansões que já fizemos são alguns exemplos. Outro exemplo é que umas das principais metas que temos este ano é montar um time específico de tecnologia no Brasil para termos mais autonomia na prevenção e resolução a qualquer tipo de problema nessa frente. Contudo, quando acontece algo além do planejado, pode levar um pouco mais de tempo do que gostaríamos. O LoL é um jogo super complexo do ponto de vista de arquitetura de rede e segurança. Quando desenvolvemos uma solução, muitas vezes é necessário a compra de equipamentos que não são produzidos no Brasil, o que é um problema pois o sistema de importação é complexo e demorado. Sabemos que isso tudo não acontece de uma semana para outra, e apesar de sempre tentarmos antecipar qualquer risco, às vezes não estamos preparados para problemas pontuais como este. E podem ter certeza que a estabilidade do servidor é a nossa prioridade número um. (removido)

“Legal, mas quando é que a coisa vai melhorar?”. Aí é que entramos no terreno do ‘não podemos dizer’. Porque não queremos criar expectativas, porque precisamos tomar cuidado com informações sensíveis, e até porque não é uma única ação que vai acontecer, e sim uma série de iniciativas que vão contribuir pra melhorar a situação como um todo. Estamos trabalhando literalmente dia e noite para que soluções e melhorias em relação à estabilidade do jogo aconteçam o mais rápido possível. 
Nós sabemos que podem haver críticas, constestações ou simplesmente não acreditarem no que estamos falando. Na verdade, sabemos que as pessoas reclamam porque, assim como nós, amam muito League of Legends! Sabemos que em alguns momentos a situação fica mais difícil, mas esperamos que isso ajude a esclarecer melhor as coisas e que vocês continuem com a gente. Abaixo, o Mazza e o Rhagga entram em mais detalhes sobre dois pontos chaves desse assunto, para quem tiver interesse. Nós garantimos que ninguém está parado por aqui, e vamos em frente!"

Se quiser acessar o tópico na íntegra, clique aqui

Se você quiser pode acessar esse post no site novo da Pwn3ed, clique aqui e acesse!
Share:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Pwn3ed! Todos os direitos reservados | Design por Gradash adaptado apartir de Gradash