Rede Pwn3ed:
Pwn3ed
League of Legends
Master Smite
Smite

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Hue hue hue - A praga do mundo.


Uma matéria publicada hoje (20/05/2013) coloca um pouco a tristeza e a vergonha que as vezes temos de ser brasileiros, não por nosso país ter os maiores impostos do mundo e a pior saúde, educação, infra e tudo mais... Mas sim por essa maldita mentalidade de "Troll"...



Segue a matéria:

"Aqui é Brasil, seu safado!", gritou o jogador identificado pelo apelido L3L3K antes de assassinar um norte-americano no "DayZ", game de tiro em primeira pessoa. "Tinha que ser brasileiro", reclamou a vítima.

No jogo, ambientado em um mundo pós-apocalíptico apinhado de zumbis, os participantes têm que cooperar para sobreviver.

Mas L3L3K faz parte de um grupo de jogadores que prefere roubar equipamentos e enganar outros gamers com o objetivo de "tocar o terror".

Há anos, o comportamento "tóxico" (termo usado pela indústria de jogos) é apontado por jogadores de games de multijogadores como tipicamente brasileiro.

"DayZ" é apenas o alvo mais recente, mas outros títulos, como "Call of Duty", "World of Warcraft", "DotA" e "Minecraft", entre vários outros, também têm legiões de arruaceiros brasucas.

No fórum do game "League of Legends", é possível ler frases como "brasileiros são o submundo dos games on-line, a personificação do que é ser troll, o mais infame e odiado tipo de jogador" e "graças a Deus, abriram servidores brasileiros, assim eles entram menos por aqui [nos servidores internacionais]".

O problema, é claro, não é exclusivo do Brasil. Mas nenhum outro país tem uma identidade negativa tão forte. Alguns brasileiros, na tentativa de fugir do estereótipo, mudam a nacionalidade de seus perfis no jogo, a fim de não serem rechaçados.

"Podemos afirmar que esse não é um problema que tem origem no game. O jogador é, no mundo on-line, reflexo de como vive no mundo real", diz Julio Vieitez, diretor geral da Level Up! (de games como "Grand Chase" e "Ragnarok") no Brasil.

GANGUE DOS HUE'

"Jogadores brasileiros em games on-line são uma gangue, e não um grupo", disse Isac Cobb, desenvolvedor independente, durante a feira de jogos PAX East 2013, em Boston, nos EUA.

Cobb chegou a cogitar o bloqueio dos brasileiros no novo jogo, mas disse que ainda não há nada decidido.

Entre as reclamações, estão a realização de assaltos, mendicância, ataque a membros do próprio time e outras atrocidades virtuais.

"Curtimos tocar o terror", admite Caio Simon, 19, jogador de "DayZ". "É só um jogo, estamos nos divertindo. Não é para levar tão à sério."

Esse tipo de jogador é, às vezes, chamado de "hue", por causa da típica representação de risada, normalmente disparada após cometer alguma barbaridade: "HUEHUEHUE".


---------------------------------------------------------------------------

Em minha opinião, isso de se achar "o Troll" e querer aloprar e ferrar com os outros só mostra uma imaturidade e uma falta de carácter sem precedentes, se você é um adepto dessa barbárie, essa infantilidade, por favor... Tenha vergonha e veja o que todos o canto do planeta acha de você, logo não teremos mais jogos nenhum para jogar... Seremos banidos em toda a parte, ai essa será sua trolada master, a trolada feita em você mesmo.



Fonte: Folha de São Paulo

Share:

71 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (COMENTANDO EM CIMA~)
      Esses dias eu voltei a jogar conquer e tive que mudar a bandeirinha do pais, porq tavam de marcação em mim e.e
      bullyng D:

      Excluir
  2. Ainda to agarrado akie rindo desse Gif kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk " Aheoooooooooooooooo... Hue Hue Br?! D:" kkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. O grande problema é que a maioria dos jogadores brasileiros se não conseguem jogar bem, preferem zoar o game do que melhorar. Se tornando um medíocre que prefere estragar o jogo dos outros, do que treinar e melhorar a sua mecânica e entender melhor o game.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema como sempre é a educação, q hj em dia é dada muito mais pela midia que pelos pais e escola... a velha história do " sou malandro" que se propaga e estraga o país em todos os aspectos

      Excluir
    2. E isso acontece muito no LOL o cara não sabe farmar, não sabe se posicionar, não tem noção de jogo, não tem nem 300 jogos normal game e já vem ranked. Daí vem aquela história, de que só pq o time do outro lado é melhor que o meu eu vou trollar o meu time, pq eu não consigo ser bom.

      Excluir
    3. Cara, não é babando o brTT nem nada, mas o cara tinha 260 vitórias no normal e partiu pra ranked... olha onde chegou.
      Então, na minha opinião, contanto que o player tenha sim noção de jogo e procure melhorar seu desempenho in-game, o número de vitórias não importa.

      Excluir
    4. "Não é babando nem nada"...mimimi hein?...bem, você já se entregou como babador....Mas você sabe que o BrTT não é um pro player que iniciou em LoL né(?), ele já jogou em outros jogos onlines proficionalmente, diferente de eu, você ou qualquer outro "commum player", ele já tem uma base e contatos.

      Excluir
    5. Eu tenho 169 wins in Normal Game, e mesmo assim eu jogo ranked e nem por isso eu trollo o jogo, cuidado com as palavras, pois se vc generaliza uma coisa as desenvolvedoras de game podem generalizar e bloquear todos os ip's Br's :D

      Excluir
    6. Não tinha nem 100 vitórias antes de ir ranked, e nem por isso sou um troll, ou estrago o jogo dos outros...

      Excluir
  4. É ridículo o q acontece... seremos privados de jogos porque a maioria dos trolls, que estragam os jogos, é brasileira... da até vergonha de ser brasileiro... mesmo...

    ResponderExcluir
  5. É triste ver uma coisa dessas publicada! Mais triste ainda conferir que realmente é verdade, as pessoas de fora realmente nos veem como trolls e isso incomoda bastante! Por sorte ainda existem pessoas de fora que entendem que isso, apesar de ser uma realidade, como tudo tem excessão. Nem todos são assim e é dos poucos que podemos começar a fazer a diferença. Ainda sim, é foda ver uma coisa dessas publicada...ainda pra cá que tem um mercado gamer tão promissor! xD

    #ainda há esperanças
    #nobrtrolls

    ResponderExcluir
  6. Respostas
    1. Pronto, o exemplo que precisávamos... vc é uma tristeza pra todo o mundo... tenho vergonha de vc... Vê se cresce

      Excluir
    2. Esse tipo de troll que acaba com game

      Excluir
    3. Engraçado até quando você pegar um palhaçado na melhor de 3/5 ou até em um normal game/dominium/ARAM que você precisa ganhar pra comprar aquele Champion ou runa que tanto deseja...ai vamos ver se você acha tão engraçado...

      Excluir
    4. Sou contra trollar e td mais, mas venhamos e convenhamos, no caso do lol ganhando ou perdendo ele vai pegar a runa/champ. A única diferença e o tempo q vai demorar.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  7. O pior de tudo é: o que era pra ser divertido, te dá raiva.
    Passo muito por isso no LoL e já passei em outros jogos, no Cabal, por exemplo, já tive o set roubado por um BR.

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente os HUES da vida, não vao parar para ler um post desse.
    E se lerem vao falar FODASE vou continuar a ser toxico.
    É simplesmente isso, os caras conseguem fazer de um meio de diversão que o game, se tornar em algo que te deixa apenas irritado.
    Pior todos nos pagamos pelas açoes dos retardados por ai...

    ResponderExcluir
  9. Julio Vieitez, diretor geral da Level Up! (de games como "Grand Chase"

    ele fala como se fizesse um trabalho bom da porr*, pra o gc ta com a quantidade hackers que ta hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. além do mais se voce for no NA tem a mesma quantidade praticamente. e sobre o dayz '' os participantes têm que cooperar para sobreviver.'' vai nessa, os americanos não perdoam nem a mãe e lá você tem que se virar pq ninguém te ajuda não, eu já joguei e sei o que digo.

      Excluir
    2. neh cara, olha ragnarok como ta agora, num tem proteçao nenhuma e num vejo um gm online..

      esses caras fala de trolls no warz... man... se eu ver um cara warz eu mato na hora ainda falo "heuheuheuehue" (minha risada é essa na net e sempre vai ser), pq? pq sempre me matavam, e jogava serve internacional, agora isso quer dizer trollar?

      alem disso, esse julio vieitez fala demais... até parece q foi um brasileiro inventou o openkore... num tem proteçao e um num sabe administrar jogo nenhum.

      Excluir
    3. O Ragnarok da LUG. Se você for jogar em um Ragnarok internacional como o iRO, você nem acredita que pessoas possam jogar daquela forma e serem tão educadas e prestativas. Quando sai desse mundo de LuG e fui pro Ragnarok Internacional, vi quase uma utopia. *-*

      Resumindo: O problema não está no Brasil e sim na mentalidade brasileira.

      Excluir
    4. Nego da lvl up não tem moral, DayZ é um campo de guerra a seu aberto...agora no LoL é putisse

      Excluir
  10. É o reflexo da sociedade lixo em que vivemos, onde a lei do menor esforço prevalece e ser mediocre é qualidade

    ResponderExcluir
  11. Pura hipocrisia. O cara reclama do governo, reclama da escola, do professor, e já que "tá tudo zuado", vem zuar os games...

    ResponderExcluir
  12. Meu .... sem palavras pra descrever esse ato ridículo, fiquei horrorizado quando um produtor de jogos decide banir nós brasileiros do mesmo sendo que nem todos trolam os jogos ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem é novo. Muitos jogos por aí tem bloqueio. A maioria dos jogos lançados pela Nexon por exemplo como Vindictus, Dragon Nest entre outros, possui bloqueio para a américa latina, e não reclamo pois sei que infelizmente alguns poucos tem q pagar pelo erro de muitos. O todo ta acima do individual. Deixem eles jogando bem pois cada um mora na casa que constrói.

      Excluir
    2. A grande verdade e q enquanto existirem proxys, nunca existira bloqueio...

      Excluir
  13. na Boa quem mando confiar em alguem com o nick L3L3K

    ResponderExcluir
  14. Tenso. Pior é que a gente realmente perde muita coisa. Tem nego que só quer foder. Já participei e muita partida aonde o nego não consegue o role que quer, entra na partida só pra ficar afk ela inteira pra ferrar o jogo dos outros. Um outro grande exemplo é o Maplestory. Brasileiros são banidos dos servidores euasense e o da steam, e o brasileiro FALIU A ECONOMIA de tanto que compraram gold ilegalmente. A gente tinha até CONTEÚDO EXCLUSIVO pro server br e os negos enfiaram tudo na bunda =(

    ResponderExcluir
  15. Quanto ao WoW, não é verdade, quase não existem trolls (não achei nenhum até hoje). Isso se tornou possível pelo fato de ser pago, além da Blizzard fazer um ótimo trabalho contra hackers e trolls... se a quantidade de BR BR BR HUEHUEHUE de WoW for comparada a de LoL, então é quase inexistente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Itens em WoW são considerados patrimônio físico. Um roubo de algo em WoW pode ser até cabível de processo jucidial. Já ocorreu nos EUA de um cara ser preso e depois pagar fiança por um roubo de uma conta com quase 4 anos do WoW. Eu acho que na maioria dos games deveria ser assim. Cara, vc paga, vc dedica seu tempo e aquilo é tomado de vc como se n valesse nada. Eu acho que vandalismo digital deveria ser tratado com mais seriedade pelo código penal brasileiro, afinal hoje em dia é isso que existe de maior no mundo, informação.

      Excluir
  16. Pra salva o Brasil soh jogando uma bomba e explodindo tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ehhh, acho que salvar n é por aí n em, talvez destruir kkk

      Excluir
  17. Nego vai jogar DayZ e reclama de um BR HU3 assassino?!? Porra o jogo é para representar um mundo pós-apocalíptico, tu acha que num mundo assim, nego vai ser teu amiguinho?

    Mas no geral tem muito retardado BR sim, mas não acho que seja essa exclusividade ae, bullshit!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, o conceito de DayZ sempre foi esse, você tem que sobreviver e todos são seus inimigos (MOBs ou pessoas), se você "quiser" (e por seus próprios itens em risco) você pode se arriscar a confiar em alguém (ou joga com amigos se realmente quiser fazer grupo). Os servidores NA e EU não são nenhuma maravilha por não ter Brs neles, lá vc encontra o mesmo nível de babaquice.

      Eles pegarem os Brs pra Cristo como os únicos jogadores tóxicos do mundo é só um fenômeno tipicamente Europeu/Americano de xenofobia. Um outro fator que gerou isso é que durante muitos anos, nunca se teve servidores de jogos no Brasil, então sempre foi fácil de se encontrar grandes grupos de brasileiros em jogos de servidores apenas NA, dai esses Brs sempre falavam em português (até porque nem todos sabiam Inglês) nos chats e os americanos ficavam irritados com isso. Poderia explicar mais fatos e estudos sobre isso mas, sei que pouca gente iria realmente ler e eu perderia um tempo desgraçado explicando.

      Excluir
    2. @Thenewbie Silva,eu leria tudo o que você fosse escrever,pois achei esse seu pequeno trecho muito "informativo" por assim dizer e gostaria de saber mais sobre isso.

      Excluir
    3. Thumbs up, pode escrever mais ae. XD

      Sim, americanos são muito chatos, quando eu jogava no NA e fazia um pre made com amigos, o random do time sempre ficava "speak english pls" e sempre tínhamos que responder "when we speak to u, we'll speak english".

      Excluir
    4. concordo totalmente. e quanto mais os caras faziam isso com os brs mais os brs se axavam "excluidos" e começavam a excluir a si mesmos. tanto que se alguem comete um erro bobo sempre tem alguem pra falar tinha que ser br mesmo.

      Excluir
    5. Em Tibia, era proibido falar outra lingua senão inglês em chats globais. Eu acho isso super aceitável. Cara, eu aprendi inglês sozinho só pela obrigação de ter que falar inglês na maioria dos jogos que eu jogava. Pense, você é o extrangeiro, você que tem que se adaptar a eles e não eles a você, agora você ficar irritadinho pq um dos caras fala inglês e os outros 4 falam pt por vc ser maioria, se toquem galera pois vcs são as minorias.

      Agora vc vem falando "Ahh, então agora sou obrigado a falar inglês pra jogar um jogo que quero?". Se o idioma oficial dele é inglês, problema seu querido.

      Excluir
  18. É a inclusão digital. Primeiro veio a inclusão sem antes ter a educação como base. Por isso o Brasil tá cheio de pertubado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, a inclusão digital tem uma premissa totalmente diferente, e assim, existem pessoas que são pobres muito mais educadas que criancinhas mimadas, pois eles sabem dar valor ao que tem, eu acho que antes de escrotizar as pessoas de baixa renda, tente rever um pouco teus conceitos, garoto.

      Excluir
  19. Tá sobre o DayZ é escrotisse, sobre o GC e o Ragna, PFF, tira os hacks antes, e sobre o resto, eu concordo, concordo que é sofrível você jogar um jogo com pessoas sem educação, é a pior coisa que tem, pior ainda é você tentar se inscrever pra beta de algum jogo sendo brasileiro, você NUNCA ou DIFICILMENTE vai conseguir entrar para o Beta :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, sempre seleciona "Brazil" como nacionalidade em registros pra Betas e mesmo assim ainda sou chamado, isso que você disse não faz o minimo sentido.

      Excluir
    2. Sempre coloco "Brazil" e só esse ano participei de 3 dos 5 betas q me inscrevi...

      Excluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Aqui em portugal não é tanto troll assim mas geralmente quando portugueses jogam no servidor Europeu e aparece um troll maioria dos portugueses dizem "Tinha que ser portugues para ser ignorante" :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Brasil também nem é tanto troll, mas como são jogos MUITO jogados acabam propagando e colocando a (má)fama em todo o País.

      Excluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. Entendam , já joguei dezenas de jogos internacionais e brasileiros educados e corretos são maioria sabe pq? Pq sabem outro idioma, são mais educadas, mais estudadas. Galera, a maioria dos brs que conheci fora tinham nível superior e eram bilíngues. O que acaba é justamente o fato de um jogo ser massificado e começar a juntar aquela galerinha desentendida de hues hues que adoram ficar jogando pedras em gatos nas ruas e vandalizando nos jogos do corinthians. BRs são realmente gafanhotos da web e por onde passam destroem, se estão em grande quantidade (isso é importante). Um BR sozinho se adapta pois está isolado, agora entre outros BRs se tornam demônios imparáveis.

    Exemplo:
    Em Ragnarok, no servidor iRO, abriu um novo servidor Classic para players que gostavam de jogar old times. Uma infestação de BRs adorando a novidade foram pro servidor, resultado. Em 2 semanas o jogo estava infestado de Bots, pessoas com nomes escrotos, guildas trolls e quase todo o servidor falando português. Pouco tempo de pois, a super original LUG lançou seu servidor Classic (Uau, que inovadora) e 90% dos BRs migraram pra lá. Resultado, ao sairem a economia estava suuuper inflacionada pois BRs adoram preços altos, o jogo estava instavel por causa da quantidade de contas abertas em BOTs e uma cultura foi criada. Após alguns meses sem BRs hoje o jogo tem pouquissimos BOTs, os preços diminuiram draaasticamente e novamente o idioma do jogo é o inglês e todos os BRs que conheço falam inglês.
    No servidor que já existia anteriormente (Valkyrie), onde pouquiiissimos BRs tocaram suas mãos, cara, quando entrei naquele servidor nem acreditei no que eu via. Economia suuper bem feita e rotativa, preços justos, sem itens apelativos vendidos por dinheiro, GMs dedicados, atualizações constantes, estabilidade, grupos pra upar sempre com 12 pessoas (O máximo permitido). Nunca tinha visto isso no servidor BR até a época.
    Pedi umas dicas pra um cara desconhecido que era da Malásia que me acompanhou uma semana (ele era high lvl) me ajudando a upar e depois quando nos despedimos me deu uma quantidade de gold que não era muito, mas que me sustentou durante um bom tempo. Repeti o que ele fez por mim com mais umas 3 ou 4 pessoas que depois de fortes continuaram jogando comigo e me ajudaram bastante.

    Lá se joga pra se divertir, fazer amigos, conquistar pessoas, evoluir em equipe pra ter parceiros de up, caçar chefes, etc depois. Aqui se joga pela fama, pela vaidade e pelo egoismo. Seus parceiros são apenas meros instrumentos utilizados para que você se torne alguma coisa insignificante mas valiosa pra vc.

    Por fim, lanço meu comentário pretensioso e considerado por muitos preconceituoso: BRs são em sua maioria extremamente burros e extrangeiros predominantemente (principalmente europeus) bem educados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu inglês sempre foi ruim, mas nem por isso eu trollei...joguei por um tempo DWO, me virei sozinho mas se precisa-se de ajuda e eu conseguisse entender sem problemas eu ajudava na moralzinha, joguei um pouco de The Duel, Forsaken entre outros, o que mais conta é o que você traz de casa...

      Excluir
  24. quando abriram o server BR do WOW, foi geral na capital e ficaram pelados no jogos dançando... só BR faz isso cara. infelizmente a fama que os brasileiros em games online não é falsa, infelizmente é oque muita gente faz.

    ResponderExcluir
  25. Convenhamos que há uma parcela de nerdinhos punh... que sentem-se livres pra fazer merd por aí (pq na vida real quando a mãe manda lavar louça... eles obedecem).

    Mas também há de se falar que a generalização é um problema, mesmo que haja muitos brasileiros que jogam de boas, é só vc falar algo na sua língua que já lê "spanish bullshit", e por aí vai...
    O preconceito é grande e os jogadores brasileiros deveriam bater o pé, afinal comportamento tóxico por comportamento tóxico, americanos são um pé no saco também!

    ResponderExcluir
  26. Olha.. Nunca joguei DayZ, mas isso ai q o cara falou "Tinha que ser brasileiro" é puro choro pq ele perdeu as coisas dele.. Eu sei q brasileiro é oq é, mas isso nao é motivo pra tanto(estou falando sobre oque aconteceu no DayZ).. Ser mocinho ou 'bandido' no DayZ é uma escolha de cada player.. PvP nao é para ser usado!? Que o cara é um cusao ele é, pelo jeito de falar (tocar o terror) e pelo nick, mas ja disse e repito, nao é motivo pra tanto.. Viva a dilma. hu3 hu3.

    ResponderExcluir
  27. É galera mas se você encontra uma player toxico no game e da trela, fica chingando ele e falando barbaridades pra ele, ele simplesmente vai rir e continuar a trolar. Quando encontrarem um jogador toxico no time, tentem incentivar o resto que ta jogando serio e deem MUTE NO TROLL. Eh pra isso que tem o mute!! Assim ele fica isolado e acaba perdendo a graça pra ele, pq a graça eh ver vcs com raiva

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  29. O League Of Legends deveria ser um jogo pago, alias todos os jogos, pois ai sim baniria os que nao levam nada a serio, tiraria 99% dos "trolls".

    ResponderExcluir

© Pwn3ed! Todos os direitos reservados | Design por Gradash adaptado apartir de Gradash