[Fechar]
teste

domingo, 25 de novembro de 2012

A Arte de Formar Um Time - Por Que é Mais Do Que Simplesmente Colecionar Talentos


League of Legends continua a evoluir e crescer, tanto como jogo quanto como esporte. O tempo dos times confiando em talento superior para vencer já se foi a muitas eras, e a ascensão dos jogadores com dedicação e sede de sucesso a qualquer custo se tornaram o novo padrão. Mas o que leva os times ao verdadeiro sucesso e quais são as qualidades que os transformam em competidores? Não é difícil de imaginar como criar um times em League of Legends para o sucesso, seja no mundo dos e-Sports ou nos rankeds 5x5, porque outros esportes vêm fazendo isso há décadas, especialmente no basquete. Vamos dar uma olhada no que faz os times de LoL terem sucesso, e que de mais notável entra no caminho deles.

Entendendo as Roles: Criando o time a partir dos seus jogadores.

Ao se construir um time, há dois caminhos básicos que podem levar ao sucesso e ao crescimento. O primeiro envolve achar o seu jogador "astro" e construir o time em volta dele de forma a deixá-lo carregar os jogos. Isso funciona tanto nos jogos competitivos quanto nos jogos com seus amigos. Basta olhar para os Najin Swords e Makoon ou até mesmo o TSM com Reginald. Os outros jogadores não são ruins de forma alguma, e estão sempre melhorando bastante o tempo todo, mas esses times são feitos em torno de feedar Maknoon e Reginald e fazê-los carregar o time para a vitória.
Mas o que faz um jogador "astro"? Ele é o melhor do seu time sem dúvidas e também quer ser o cara que decide os jogos. Ele define o tom e o andamento da partida com seu jogo e geralmente irá dar as ordens também. Não só isso, mas você terá que reunir esse tipo de jogador com outras pessoas que saibam como amenizar perdas. Eles sabem que mesmo que não consigam dominar suas roles específicas, contanto que eles não sejam esmagados, eles podem confiar na "estrela" para carregá-los  para a vitória. jogadores dispostos a fazer o trabalho sujo e não receber crédito são muito poucos, e achar jogadores com esse tipo de atitude é muito mais difícil do que achar alguém que é simplesmente habilidoso.
Outra forma é achar cinco jogadores altruístas, todos dispostos a se sacrificar pelo bem do time. Esse tipo de time é mais difícil de se conseguir porque é difícil para os jogadores manter essa atitude, especialmente quando as coisas começam a ir bem, mas pode levar a resultados fantásticos. Os dois times Azubu são excelentes exemplos desse tipo de time. Eles tem jogadores extremamente talentosos, mas nenhum deles pula e grita "Olhem para mim" ou "Eu sou o cara que faz o meu time ganhar". O time não trabalha em prol de uma única pessoa se dar bem, simplesmente o time deles em geral se dá bem. Isso pode ser uma faca de dois gumes, porque não ter alguém em quem se apoiar pode fazer com que certas situações se tornem complicadas, especialmente quando as coisas dão errado, mas quando as coisas estão indo bem, geralmente se prova melhor para todo mundo envolvido.

Comunicação Efetiva: Todo mundo fala, mas em uma só voz.

Comunicação é onde os problemas começam para a maiora dos times. Quando se joga em qualquer tipo de ambiente competitivo, haverá sempre aqueles que iram ser bem-sucedidos por causa da sua vasta confiança no sucesso. O provérbio do cão alfa e do rapaz que quer liderar. Ter um desses jogadores pode ser um grande boom, especialmente se o time aceita e a pessoa é capaz de admitir os erros quando eles acontecem, mas pode ser tão ruim quanto, se mais de uma pessoa quiser dar as ordens ou se o time não aceita completamente a pessoa que manda.  Do mesmo jeito, não ter uma pessoa no comando dando as direções e orquestrando as estratégias, pode levar à confusão, e pessoas demais fazendo seu próprio jogo.
Então, vamos analisar o cara que dá as ordens. Mais importante, o time tem que confiar nesse jogador para fazer as decisões que irão levar o time à vitória completa. Nem todas as ordens vão estar corretas, mas ordens que não são seguidas por todo mundo do time estão sempre erradas. Cinco pessoas coordenadas em qualquer esporte, especialmente League of Legends, é algo assustador, e pode conseguir jogadas realmente lindas. Basta olhar os replays da TPA jogando o campeonato mundial. Muitas vezes, mais de um jogador que ser o que dá as ordens porque eles pensam que eles fazem as melhores decisões. Diabos, eles chegaram onde chegaram porque seguiram seus instintos, mas um time não pode ter sucesso se eles não confiam no líder.
A pessoa que dá as ordens não precisa ser sempre a mesma pessoa se todo mundo está sempre concordando uns com os outros. De fato, todos se comunicando entre si, e compartilhando informações sobre pontos fortes e fracos é o ideal. Porém, quanto mais pessoas falando, mais difícil é para as pessoas centrar na "voz" do time. Essa voz tem que estar sempre em concordância, e indecisão é sempre pior que nenhuma decisão.
É difícil atingir o equilíbrio, mas achar as personalidades certas, que encaixem, não discutam e que irão escutar e se comunicar uns com os outros é o principal, e é por isso que muitos times estão sempre mudando suas composições. Achar jogadores que tenham jogadas que complementem as jogadas dos outros, e do time com um todo, que tenham campeões que encaixem com os campeões dos seus parceiros de time e muitas outras coisas é tão importante quanto achar jogadores que sejam simplesmente bons. Porque a CLG.Prime acabou por retirar o Saintvicious? Ele tinha uma personalidade de líder, e isso entrava em atrito com o resto do time, e mesmo ele sendo muito talentoso, os impedia de melhorar. Na Curse ele providencia ao time a liderança e a voz que eles precisam para vencer jogos.
Cada vez mais você vê grandes jogadores sendo jogados juntos e perdendo. Nas olimpíadas de 2004, a seleção americana de basquete ganhou a medalha de bronze mesmo sendo um time cheio de astros. no LoL, a CLG.Prime não ganhou nenhum campeonato desde 2011 sem um substituto.
Conclusão: Se os times estão para continuar a mudar suas composições, eles precisam olhar para a química do time tanto quanto para a habilidade dos jogadores. Não é simples como "o que esse jogador faz com sua habilidade para ajudar o time a vencer?", mas sim "esse jogador encaixa bem no time, como uma peça de uma quebra-cabeça?". nem todo quebra-cabeça que você montar vai ficar igual, mas você nunca vai montar um simplesmente forçando peças aleatórias a se juntarem.
Então, RoG'ers, o que vocês acham sobre montar um time? O que é preciso para ser um vencedor?



Shen invisivel? Feel like a ninja!

Vi esses videos de um combo bem diferente, não sei se é bug, acredito que não, mas... sinta-se um ninja ultando de Shen em alguém insivivel e fazendo seus inimigos tremerem!




Está perdido com a nova loja de itens do LoL?

Um jogador resolveu ajudar o pessoal que como o Hittler não conseguiu testar as novidades no PBE por causa da puta fila que anda por lá, ai está um simulador da nova LOJA!!!!


Não é possível criar builds e afins, ela é apenas para mostrar a disposição dos itens.



Fonte: Google


Agora você pode ser banido por spammar /j, /t e /l!

Pois é pessoal, parece que agora spammar jokes, taunts e laughts acaba podendo dar banimento. Como mostra esses dois prints aqui.





Link do caso

Qual o taunt, joke, laught que você considera a mais irritante e que merecia um report se ficassem spammando?

Eu acho a risada do Nunu Bot e a da Lulu hiper irritantes.